São Félix do Alto da Alegria, Buíque-PE

São Félix do Alto da Alegria, Buíque-PE

Por: Prof. Jandilson

Vamos conhecer um pouco do riquíssimo histórico da equipe buiquense de várzea “São Félix” do Bairro Frei Damião, que foi fundada em 2004, começou por iniciativa de Júnior Negão que naquela época treinava a equipe da Escola São Félix de Cantalice no Futsal, o mesmo levou seus atletas para formarem uma nova equipe de futebol de campo no Bairro, junto aos irmãos Zé Ilton, Burú, Negão e Luiz Carlos, os mesmos já jogavam na equipe da Mata Verde na zona rural de Buíque, pois os mesmos moravam lá e chegando na cidade não tiveram oportunidades nas principais equipes do Alto da Alegria segundo eles, então juntaram-se a Nego Júnior e formaram o São Félix do Alto da Alegria.

Porém como toda equipe de várzea vem as dificuldades financeiras e com eles não foi diferente, sem ajuda do poder público eram os jogadores e dirigentes que bancavam competições e amistosos na Região, logo começaram a aparecer atletas do bairro para fortalecer a equipe que estava começando, no Alto as equipes de tradição, Altinense FC, Vasco do Alto, eram equipes de destaques em Buíque e Região, porém eles continuaram com uma equipe de jovens bons de bola que começaram a chamar a atenção das outras equipes realizando amistosos contra equipes de peso das cidades vizinhas e viram no São Félix uma equipe que davam oportunidades aos jovens atletas de Buíque.

Por terem uma equipe com jogadores de idade de base começaram a disputar competições Sub 20 e os resultados foram aparecendo e a equipe começou a pegar experiência, até que foram participar das principais competições em Buíque e nas cidades vizinhas no Alto da Alegria tínhamos o Alto Cardeal que começou quando o Vasco deixou de existir o presidente era Babau, que depois de certo tempo acabou também, porém foi ai que o São Félix disparou na popularidade no bairro, os garotos do São Félix iam cada vez mais representando bem o nome de nosso município por onde jogavam.

Segundo os dirigentes um dos maiores rivais era o Altinense que tinha como técnico e presidente Dedé, participavam de competições no campo que existia de fronte a Compesa ficava lotado aos domingos era a diversão dos Buiquenses em especial do bairro Frei Damião que presenciavam os garotos do São Félix como eram chamados a equipe começou a ficar conhecida e com isso o interesse de outros bons jogadores de vestir o manto do São Félix era eminente um dos irmãos começou a ser destaque e começou a receber convites para jogar competições em outras equipes da região o grande atleta meio campista Dhellan.

Time que tinha fama de Vice, nas principais competições de Buíque e Região sempre conseguiam chegar na reta final, porém esbarravam no segundo lugar isso já preocupava os dirigentes e torcedores que ficavam sempre na expectativa que aquela fase logo acabaria e com isso para os rivais viravam chacotas, pois segundo relatos a equipe trazia os melhores jogadores das cidades vizinhas e os melhores de Buíque, um dos torcedores entrevistado diz que fizeram até promessa para serem Campeões e não teve jeito a equipe principal do São Félix que já tinha tradição em Buíque não conseguia atingir o objetivo final que era sagrar-se Campeão das principais competições de Buíque.

Em uma grande final eletrizante no atual campo do Altinense FC em 2015 foram para mais uma grande final no tempo regulamentar terminou empatada a partida e outra vez a disputa foi para os pênaltis, valia tudo reza, promessa o campo estava lotado, só que infelizmente outra vez o glorioso do Alto da Alegria termina uma bela campanha como Vice Campeão perdendo para o maior rival Altinense FC, alguns torcedores diziam que era por conta do nome do Santo nada provado de fato o time não conseguia ser Campeão em mais uma competição de várzea e era assunto no dia seguinte entre os rivais.

A equipe teve ainda o comando do grande lateral esquerdo Claudio Feitosa que fez um belo trabalho na equipe mantendo a tradição do São Félix, pena que essa grande equipe deixou de existir em 2017 segundo um dos ex representantes, deixando saudades para os amantes do futebol de campo do Alto da Alegria, era uma grande equipe de guerreiros comprometidos com o esporte Buiquense e fizeram sim e bem feito a parte deles que era divulgar e socializar através do esporte e lazer, ficamos no aguardo de que um dia essa grande equipe volte a alegrar o Bairro Frei Damião, grandes jogadores de Buíque e Região tiveram a oportunidade de vestir esse manto que hoje faz parte da nossa história.

Sobre o autor

Escritor e poeta comprometido com a disseminação da cultura e da arte nordestina.

Artigos Relacionados

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Traduzir »